HDM 38: Um Ano de Podcast

sliceofmacbookpro

O Hora do Mac está completando seu primeiro aniversário. Muita coisa mudou desde a proposta inicial do projeto e, com certeza, o feedback de vocês ajudou (e segue ajudando) em muito para isto.

Durante este primeiro ano recebemos diversas perguntas sobre o podcast, quem somos, o como ganhamos a vida, como gravamos os episódios, etc… Esse nosso bate-papo de hoje começou respondendo essas perguntas.

Na sequência, conversamos sobre os lançamentos que a Apple preparou para o primeiro aniversário do Hora do Mac. iMacsMacBook de plásticoMac mini atualizados. O mini ganhou um irmãoserver. E não apenas, a Apple ainda atualizou o Apple Remote e o mouse, que mudou de nome para MagicMouse.

Conforme vínhamos anunciando nos episódios anteriores, este é o último da Promoção Sygic/HDM. Quando terminares de ouvir este episódio, envia um e-mail para contato@horadomac.com com a lista das cidades que citamos nos últimos programas e não esqueça da necessidade de tuitar a mensagem da promoção, conforme o regulamento. Se possível, envia junto um link para o post no twitter, para facilitar a validação da resposta.

E, claro, como não poderia deixar ser, os aplicativos em destaque deste episódio:

Agradecemos a todos que acompanham o podcast, que comentam no blog (e os que não comentam, que não são poucos, também), que seguem no twitter e que enviam e-mail com críticas, dúvidas e sugestões. O podcast não faria o mínimo sentido se não fossem vocês.

24 thoughts on “HDM 38: Um Ano de Podcast”

  1. Malditos!!! 23h30min, amanhã tenho que estudar pra prova da faculdade, acordar cedo!!! Mas antes, tenho que ouvir esse episódio!!

    Um ano de podcast, Parabéns!!!!!!!!!!

    Eu ouço desde maio e gosto demais do programa! BÁ, o formato é trilegal, gostava dos “Aplicativos Destaque” mesmo sem ter um iPod Touch, e agora que tenho sempre puxo pra testar(os free).

    Vocês, com o podcast, fizeram a vontade de ter um mac aumentar( fiz até um hackintosh num positivo, o famoso Hackisitivo)!! Agora, com esse novo Macbook White e a Apple Store BR Educacional, as chances de comprar aumentaram!

    Pelo jeito sou sempre o primeiro a baixar e ouvir, já ganhei até um app, o NearCinema.

    Tô comentando antes de ouvir, então, depois que ouvir volto pra falar sobre o episódio em si. Então, até mais e parabéns pelo aniversário de 1 ano!!!!

    P.s.: onde compro esse bolo com símbolo da apple???

    Abraços

  2. Sugestões: Eu já enviei uma sugestão antes, seria a criação do “Minuto do Mac”, onde vocês individualmente, em seu tempo livre, talvez seguindo uma escala diária, fariam uma mini-gravação de apenas 1 minuto (com vinheta), onde vocês dariam uma rápida dica de uso do Mac, uma dica para iniciantes ou para experts, ou algum mini review de App para iPhone ou software para Mac. Ou seja, vocês teriam um podcast a parte, de mensagens curtas, express, o Minuto do Mac. Sem perder a essência do Hora do Mac, mas vocês teriam dicas diárias, um de voces por dia, e o público agradece! 🙂 Busquem patrocínios. Com patrocínio, cabe 30segundos de publicidade a mais no Minuto do Mac. E vocês pagam custos de manter os podcasts.

  3. Parabéns pelo aniversário do programa!

    Posso dizer que estou viciado na HDM. Comecei a ouvir vocês há 2/3 meses, e desde então baixei todos os podcasts antigos e ouvi tudo, li todos os comentários aqui no blog, e praticamente chequei todos os aplicativos em destaque (ok, quase todos; os que realmente eram do meu interesse). Não sou usuário Apple há muito tempo, e ouvir vocês me fez descobrir muitas novidades, e aproveitar melhor as maravilhas do mundo Apple. Comecei humildemente com um iPod Nano 1G há 3 anos. Ano passado adquiri um iPod Classic 80Gb, e logo em seguida um MacBook branco, na época o modelo intermediário dos MacBooks. Na sequência veio o mouse-saboneteira que muito me irritou mas que não me canso de dizer que pelo menos ele e diferente de todos os outros que estão por aí no mercado. Em maio eu me dei de presente de aniversário um iPhone 3G 16Gb que é meu brinquedo favorito. E finalmente comprei um Time Capsule em julho. Agora com os lançamentos das novidades de hoje, já estou de olho nesses novos iMacs, além do Mac mini e um Time Capsule com HD maior e mais atualizado. Pois é, acho que posso dizer que estou me tornando um addicted! Tanto que já convenci alguns amigos a adquirir produtos Apple, e consequentemente a seguir o mesmo caminho que venho percorrendo. E, claro, a ouvir o HDM!

    Escuto vocês aqui, acompanho vocês no Twitter, é é sempre um prazer. Continuem com o bom trabalho. O programa comemorativo foi divertido, informativo, e legal saber um pouco mais sobre quem é quem entre vocês.

    Valeu. Grande abraço a todos.

    PS: Felipe K., seu app NearCinema é show de bola!!! Parabéns.

  4. Parabens pelo aniversario. Ainda estou ouvindo o programa .. mas quero comentar q a qualidade de vcs eh otima. E isso nao importa, edicao, musica, etc. O importante eh ouvir vcs falando .. ouvir o assunto, as discussoes, as opnioes. Se desse pra fazer AAC seria legal. O resto ta excelente!!!

    Parabens mesmo. E obrigado por sempre ter programas novos!!

  5. @Wolney Mamare Obrigado pela mensagem, bem legal 😉 Alguns outros aplicativos muito legais estão para sair em breve, aguarde 😉

    @Paulo Ferreira Valeu!

    @Alexander Concordo contigo. Meus podcasts favoritos (MBW e TWiT) têm exatamente a mesma qualidade, e eu realmente gosto da coisa “ao natural”, sem música de fundo, vinhetinhas, etc. É um bate-papo pra trocar idéias…

  6. Pessoal,

    Parabéns a todos pela ideia e principalmente pelo comprometimento a ela levando este projeto adiante mantendo um excelente nível de regularidade, isso sem mencionar a melhor característica do programa de vcs, que é o alto conhecimento técnico do grupo sobre sobre as plataformas de software e hardware, isso é um grande diferencial nos podcasts de tecnologia, que em sua maioria ficam repetindo press releases e conteúdos de outros blogs, vcs vão adiante é bem útil aos ouvintes do programa.

    Realmente gosto do formato e não penso que vcs devam investir no embelezamento e nas frescuras, isso somente gasta tempo que irá atrapalhar a periodicidade do projeto, repito que o diferencial é o conteúdo, e deveria ser nisso que vcs devam colocar foco, porém não deixem nunca de sacanear o Zune.

    Concordo com aqueles que tem dito sobre sobre o balanço de tempo e das numerosas referencias ao iPhone, na falta de noticias sobre o Mac, talvez vcs pudessem falar um pouco mais sobre a história da plataforma, de versões anteriores do Mac OS, o que deu certo, o que não… a história dessa companhia é muito rica e a maioria das pessoas desconhece isso.

    Finalmente gostaria de indicar que vcs tem um excelente equilíbrio onde todos dividem bem o espaço sem donos da verdade, dando finalizações ou mastigando conclusões aos ouvintes.

    Mais uma vez parabéns a todos…

    Gustavo Silveira
    Mac Addicted, Engenheiro, 42 anos
    São Paulo

  7. Notaram também que o novo iMac 27″ que pode ser monitor de outro Mac pela MiniDisplay Port (em target mode).

    Isto é uma novidade.

    A porta MiniDisplay Port tem dupla função. Pode ser usada como saída, ou como entrada de imagem.

    Para alternar entre funcionar como iMac ou como tela para outro Mac, é só pressionar uma combinação de teclas (e estar conectado por um cabo MiniDisplay Port – > MiniDisplay Port a outro Mac (vendido separadamente/de outros fabricantes como a Belkin, pois a Apple não fabrica este cabo). As teclas, se não me engano, são Command + F2.

    Funcionaria com PC, se o PC tivesse MiniDisplayPort.

    Legal hem.

    Os de 21,5″ nao funcionam assim.

  8. Amigos do hora do Mac.
    Fico feliz de ver qua a minha sugestão em relação aos aplicativos em destaque foi acatada! ( apesar de vocês não terem dado o crédito para mim na edição!! &*$  !! rsss…. ).
    Parabéns e muito pelo aniversário!
    []’s,

    Poppe

  9. Parabens a todos os integrantes da Hora do Mac por nos presentearem por um ano com novidades, dicas, sugestões e opiniões sobre tudo que aconteceu no mundo Apple.
    Espero que venha muitos anos mais, e que continuem com este fabuloso trabalho.

  10. Mais uma sugestão de review: o DDA (débito direto autorizado) dos bancos. Será que ele funciona redondinho em Mac e Linux? ou será que só no Windows?

  11. Em primeiro lugar, meus parabéns pelo aniversário!!! Adorei o episódio, que, em virtude do tamanho, tive que escutar em tês etapas :-). Muito bom! Quero fazer alguns comentário, mas confesso que não li os 20 comentários acima do meu então, me perdoem se eu for muito repetitivo:

    01) Podcast em AAC – Eu produzo o VCP em AAC desde o episódio 50 e posso dizer que da muito trabalho, mas ao mesmo tempo é algo que da muito prazer. Em realidade, acredito que qualquer player moderno consegue reproduzir o som do formato AAC (Não as imagens, capítulos, etc. Isso só o iPod mesmo!), mas o ideal é manter duas versões do podcast, uma em AAC e outra em MP3. Há muita gente que gosto e precisa do MP3. Digo isso pelas minhas estatísticas. Coisa de 60% dos ouvintes baixam em AAC e o restante em MP3. Mas com o GarageBand o processo de gerar duas versões é algo bem prático. O que faço é o seguinte. Crio tudo no GarageBand. Exporto para o iTunes em AAC e no iTunes converto para MP3. Ou seja, no iTunes termino com dois arquivos com o mesmo conteúdo de audio, porém em formatos e conteúdo enhanced diferentes. Como meu GarageBand já manda a capa, nome do episódio, comentários, etc. para o iTunes, preciso apenas alterar a capa (capricho meu!) da versão MP3, indicando que aquele é um episódio MP3. Alias, pensado bem, me ocorreu agora que posso até parar de fazer isso. Mas isso é outra história :). Terminado o processo de conversão, capa, etc., exporto os arquivos para o desktop, coloco um mesmo nome curto em ambos, atualizo o feed e mando tudo via FTP. Ou seja, com o GarageBand + iTunes, criar dois formatos não é tão mais trabalhoso. O que da trabalho de verdade é montar a versão enhanced com capítulos, links, etc., Mas compensa! No final, fica lindo! 🙂

    02) Nike+ vc. RunKeeper – Bem sou um apaixonado pelo Nike+, mas o RunKeeper me conquistou de vez. Ele é muito mais preciso por usar um GPS e gerar relatórios no site (velocidade, altitude, mapa, etc.) muito mais detalhados do que os da Nike. Por exemplo consigo ver que minha velocidade diminui em partes do percursos com altitude mais elevada e na próxima corrida tento compensar isso. Não há nem comparação. Recentemente comprei a versão Pro é passei a ter todos os benefícios do Nike+ (como feedbacks de voz) e mais alguns. Por exemplo, você pode programar treinos, coisa que o Nike+ não permite. Sobre o peso do iPhone, concordo que o nano é incomparável em termos de tamanho e peso mas a qualidade da “telemetria” do RunKeeper é inigualável. Estou gostando tanto que gravei meio podcast só sobre ele: http://vladimircampos.com/blog/?p=1474

    03) QR Reader – Acho que essa tecnologia tem um potencial enorme que está sendo pouquíssimo explorado no Brasil. Faltou falar no episódio que além de apontar para uma URL, o um código QR pode também mostrar um pequeno texto na tela do celular. Ou seja, um anúncio de revista ou jornal de um apartamento, por exemplo, pode exibir só as imagens atrativas em termos de marketing e um código QR pode mostrar na tela do celular um pequeno texto com informações a respeito de preço, endereço, condições de pagamento, etc. Acho que é um desperdício da tecnologia apenas levar o usuário para um endereço na Web. Na minha opinião é muito mais prático escrever a URL no anúncio 🙂 No iPhone eu uso o QR app, mas não gosto muito dos resultados. Vou experimentar o UP Code e depois falo sobre os resultados. Quase me esqueci, tenho um podcast sobre esse tema também: http://vladimircampos.com/blog/?p=567

    Abraços e mais uma vez meus parabéns pelo aniversário!

  12. Eu gosto do formato do podcast… Eu não ia gostar dele ser dividido em partes!
    A única sugestão seria mudar o site do HDM… porque o resto está ótimo! Adoro o podcast!

    Abraços

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *